O site oficial de notícias de Iguatu e Centro Sul do Ceará

Notícias Centro Sul

Casal suspeito de usar os filhos para pedir esmola e ficar com dinheiro é detido em ação conjunta em Acopiara

Contra eles, foi instaurado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO); o homem estava com dois mandados de prisão em aberto

Casal suspeito de usar os filhos para pedir esmola e ficar com dinheiro é detido em ação conjunta em Acopiara
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um trabalho conjunto realizado entre a Polícia Militar do Ceará (PMCE) e a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na condução de um casal suspeito de lesão corporal e abandono intelectual dos próprios filhos, por permitir que as vítimas peçam esmola. A ação ocorreu na tarde dessa quarta-feira (06), na cidade de Acopiara, que fica na Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21) do Estado.

Após informações recebidas sobre uma ocorrência de lesão corporal dolosa, contra uma mulher, uma equipe de policiais militares empreendeu diligências e identificou o casal suspeito, uma mulher de 35 anos, e seu companheiro, de 33 anos. Com as ofensivas, os policiais foram informados, ainda, que o casal permitia que seus filhos pedissem esmola e ficavam com o dinheiro arrecadado.

Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Municipal de Acopiara, unidade da PCCE na cidade, onde foi instaurado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelos crimes de lesão corporal dolosa e abandono intelectual.

Ainda na delegacia, os policiais civis identificaram que contra o homem, haviam dois mandados de prisão em aberto expedidos pela comarca de Sousa, no estado da Paraíba, sendo uma das ordens judiciais por tráfico ilícito de drogas e a outra por embriaguez ao volante. Após os procedimentos na delegacia, o homem foi colocado à disposição do Poder Judiciário.

O que diz a Lei: 

Abandono intelectual: Art. 247 – Permitir alguém que menor de dezoito anos, sujeito a seu poder ou confiado à sua guarda ou vigilância: mendigue ou sirva a mendigo para excitar a comiseração pública. 

Denúncia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser direcionadas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. 

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o (88) 3565-9501, número da Delegacia Municipal de Acopiara. O sigilo e o anonimato são garantidos.

FONTE/CRÉDITOS: SSPDS
Comentários:

Veja também

Colabore com informações: fotos, vídeos, áudios !