Iguatu.net - Portal de Notícias oficial de Iguatu e Centro Sul do Ceará

Notícias Centro Sul

Comitê aprova liberação de águas do Açude Trussu para perenização de rio em Iguatu

Veja como ficou definida as alocações de água em outros açude da região

Comitê aprova liberação de águas do Açude Trussu para perenização de rio em Iguatu
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Comitê da Sub-bacia do Alto Jaguaribe realizou nesta quarta-feira (22) sua 74° Reunião Ordinária, de forma híbrida, no auditório da Crede 16, em Iguatu. O encontro foi marcado pela definição e aprovação dos Parâmetros mínimos e máximos de vazões para Alocação Negociada de Água dos Açudes isolados da Sub-bacia.

O gerente da Cogerh de Iguatu, Isaac Dias, apresentou Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe, atualmente com 1,395 bilhão de m³, equivalente a 50,4% de sua capacidade máxima. Em seguida, falou sobre o quadro de criticidade dos reservatórios e explicou que os açudes Mamoeiro, em Antonina do Norte e Benguê, em Aiuba, estão sem possibilidade de alocação.

Após deliberações, o Comitê definiu e aprovou os Parâmetros de Alocação para cinco açudes que irão operar neste 2º semestre de 2022:

  • Açude Trussu – Mínimo: 0 L/s; Máximo: 250 L/s

  • Açude Muquém – Mínimo: 200 L/s; Máximo: 300 L/s

  • Açude Arneiroz II – Mínimo: 170 L/s; Máximo: 520 L/s

  • Açude Canoas – Mínimo: 35 L/s; Máximo: 185 L/s

  • Açude Faé – Mínimo: 2 L/s; Máximo: 102 L/s

A vazão do Açude Orós, maior reservatório do Alto Jaguaribe, será definida na Reunião de Alocação dos Vales do Jaguaribe e do Banabuiú, em 5 de julho, em Limoeiro do Norte.

Comentários:

Veja também

Colabore com informações: fotos, vídeos, áudios !