O site oficial de notícias de Iguatu e Centro Sul do Ceará

Notícias Esportes

Cuca deixa o comando do Corinthians após dois jogos e classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil

Decisão foi anunciada após a partida contra o Remo, nessa quarta-feira; técnico cita família e pressão nas redes como principais motivos: "Amanhã estou em casa"

Cuca deixa o comando do Corinthians após dois jogos e classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O técnico Cuca deixou o comando do Corinthians com apenas duas partidas. A decisão foi anunciada após a partida contra o Remo nesta quarta-feira, quando o Timão venceu nos pênaltis e carimbou a classificação para as oitavas da Copa do Brasil.

– Eu saio neste momento, não é pelo o que eu queria. Se espera uma vida inteira para estar aqui. É um pedido da minha família. "Pai, vem, estamos precisando". Amanhã estou em casa, vou cuidar de vocês – disse Cuca, em breve pronunciamento.

Ainda no campo, ele foi abraçado por todos os jogadores. O presidente Duilio Monteiro Alves lamentou a saída, disse que Cuca vem sofrendo um "massacre" e já iniciou a busca por um novo comandante.

A passagem de Cuca pelo Corinthians durou menos de uma semana. Ele foi anunciado como substituto de Fernando Lázaro na última quinta-feira e fez a estreia no domingo, em derrota por 3 a 1 para o Goiás, fora de casa, pela 2ª rodada do Brasileirão.

Desde sua chegada o técnico foi alvo de protestos de parte da torcida do Timão, que não aceitou a contratação de um condenado por estupro em 1989, na Suíça. A diretoria dizia acreditar na inocência do treinador, que assim se declara.
 

Cuca disse ter sofrido muita pressão nos últimos dias, inclusive afirmando que a decisão de deixar o cargo se deu na terça-feira, antes do jogo contra o Remo.

– E antes desse sonho se realizar, tiveram três, quatro dias muito pesados para mim. De pesadelo. Foi quase um massacre o que acabou acontecendo. Eu estava muito concentrado nessa decisão, não queria tirar o foco. E isso acaba levando para os jogadores. Hoje me emocionaram. Estou aqui há cinco dias, mas todos ofertaram para mim. Eu não pedi nada, mas eles sentiram, como ex-atleta que sou, o que estou passando. O que estou passando, e quero ser bem breve, porque não quero ser vítima de nada, é a pior coisa que um homem pode passar. Quando está em xeque a dignidade dele. Quando invade as redes sociais das filhas e mulher com ameaças e ofensas descabidas.

– Chega um momento em que, sinceramente... Eu vou fazer 60 anos no mês que vem, você pesa o que vale e o que não vale a pena na vida. Neste momento, quero fazer valer a pena minha família, a coisa mais importante que tenho no mundo. Não esperava a avalanche que aconteceu aqui. São coisas já passadas há muito tempo, ressurgidas como se tivessem acontecido hoje. Fui julgado e punido pela internet, entre aspas. Isso tem uma consequência muito grande.

FONTE/CRÉDITOS: Globo Esporte
Comentários:

Veja também

Colabore com informações: fotos, vídeos, áudios !