O site oficial de notícias de Iguatu e Centro Sul do Ceará

Loading...

TV Centro Sul Ao vivo

Notícias Ceará

Diretor de presídio fazia parte de esquema que vendia celulares a detentos por R$ 15 mil, na Grande Fortaleza

O policial penal trabalhava na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II), em Itaitinga, na Grande Fortalezam e estava como diretor-adjunto.

Diretor de presídio fazia parte de esquema que vendia celulares a detentos por R$ 15 mil, na Grande Fortaleza
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O diretor-adjunto de um presídio preso na Grande Fortaleza nesta quarta-feira (29) fazia parte de um esquema que vendia celulares a detentos por cerca de R$ 15 mil, revela investigação da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário.

O policial penal foi preso em sua residência e estava como diretor-adjunto da Unidade Prisional Professor Clodoaldo Pinto (UP II), em Itaitinga, na Grande Fortaleza.

Ele participava de uma quadrilha com um esquema de entrada de telefones celulares e outros ilícitos no interior de algumas unidades prisionais do Ceará.

Conforme novas informações da controladoria, além das buscas e da prisão, foram decretadas as quebras dos sigilos fiscais e bancários dos investigados, e também o bloqueio de suas contas bancárias.

 

"As investigações indicam que os celulares eram vendidos por cerca de R$ 15.000,00 dentro das unidades prisionais, e que altos valores eram repassados aos suspeitos responsáveis pela aquisição dos aparelhos para inserção.", aponta a nota do órgão.
Ainda conforme a CGD, durante o cumprimento dos mandados, foram localizadas substâncias entorpecentes, aparelhos celulares, diversos carregadores, e uma arma de fogo com numeração suprimida em posse do diretor-adjunto.
A prisão faz parte de uma operação focada em um possível esquema de corrupção. Além do mandado de prisão preventiva contra o atual diretor-adjunto da Unidade Prisional Professor Clodoaldo Pinto (UP-Itaitinga 2), foram cumpridos três mandados de busca e apreensão contra o atual diretor da UP-Itaitinga 2 e um parente de um interno da UP Itaitinga 4.
FONTE/CRÉDITOS: g1
Comentários:

Veja também

Colabore com informações: fotos, vídeos, áudios !