O site oficial de notícias de Iguatu e Centro Sul do Ceará

Loading...

TV Centro Sul Ao vivo

Notícias Polícia

Homem é preso suspeito de estuprar idosa de 71 anos na cidade do Crato no Ceará: 'Usou de requintes de crueldade', diz delegada

Uma delegada do município informou que a vítima precisou ser internada e passar por cirurgia após o crime.

Homem é preso suspeito de estuprar idosa de 71 anos na cidade do Crato no Ceará: 'Usou de requintes de crueldade', diz delegada
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem de 29 anos foi preso suspeito de estuprar uma idosa de 71 anos. O crime aconteceu no Crato, região Cariri do Ceará, no último sábado (27), e ele foi capturado nesta quinta-feira (1º), após cumprimento de mandado de prisão preventiva contra ele.

A Polícia Civil informou que o trabalho investigativo foi realizado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do Crato, após a unidade especializada tomar conhecimento sobre o caso.

A vítima foi internada em um hospital do município após o estupro, e passou por uma cirurgia. A delegada disse que a vítima deve ainda passar por um novo procedimento cirúrgico.

A delegada de Defesa da Mulher do Crato, Kamila Brito, disse que o suspeito e a idosa mantinham, há 11 anos, uma relação extraconjugal, uma vez que o preso é casado.

"Há notícias que ele explorava essa senhora patrimonialmente porque ela é aposentada. Ele também explorava e abusava sexualmente dela", explicou a delegada.

"Infelizmente ele usou de requintes de crueldade nunca vistos antes por mim, que tenho 14 anos de polícia", comentou Brito.

A delegada disse ainda que não foi a primeira vez que a vítima sofreu estupro desse mesmo suspeito, e que, uma vez anteriormente, ele chegou a levar um segundo homem também para cometer o crime. A Polícia investiga quem é este segundo suspeito.

O suspeito foi conduzido para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do Crato, onde foram realizados os procedimentos e, em seguida, foi colocado à disposição da Justiça.

FONTE/CRÉDITOS: g1
Comentários:

Veja também

Colabore com informações: fotos, vídeos, áudios !