O site oficial de notícias de Iguatu e Centro Sul do Ceará

Notícias Ceará

Mãe é flagrada dando bebida alcoólica para criança de um ano na cidade de Barbalha, no Ceará

Conselho Tutelar elabora relatório sobre o caso para encaminhar a autoridades policiais.

Mãe é flagrada dando bebida alcoólica para criança de um ano na cidade de Barbalha, no Ceará
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma mãe foi flagrada dando bebida alcoólica para uma criança de apenas um ano durante um evento em local público na cidade de Barbalha, no interior do Ceará. O Conselho Tutelar da cidade elabora um relatório sobre o caso para denunciar a polícia.

A mãe foi flagrada em vídeo oferecendo uma lata de cerveja à filha, que bebe alternando com a mãe. Outros adultos próximos testemunham a cena, que ocorre durante um bingo, mas ninguém tenta impedir. O caso aconteceu na noite do domingo (22) em um bar no bairro Alto da Alegria.

"Olha que irresponsável, já está bêbada a menininha", comenta a pessoa que filma o caso.

O Conselho Tutelar afirma que a mãe da criança se apresentou espontaneamente na manhã desta segunda-feira (23) e negou ter dado bebida alcoólica; ela foi informada por conselheiros, no entanto, de que há provas de que ela cometeu a infração.

Segundo o conselheiro tutelar Anacleto Andrade, várias denúncias chegaram até o órgão porque o vídeo foi bastante compartilhado por moradores da cidade. Ele explica que uma irmã mais velha da criança foi identificada e considerada apta para acolher a menina. A irmã assinou termo de responsabilidade para a guarda provisória.

A lei determina que é crime "vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar, ainda que gratuitamente, de qualquer forma, a criança ou a adolescente, bebida alcoólica ou, sem justa causa, outros produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica".

Em caso de condenação, a pena prevista em lei federal é de dois a quatro anos de detenção e multa.

De acordo com Anacleto Andrade, o órgão está confeccionando relatório que será encaminhado às autoridades policiais para investigação e outras medidas cabíveis.

FONTE/CRÉDITOS: g1
Comentários:

Veja também

Colabore com informações: fotos, vídeos, áudios !