O site oficial de notícias de Iguatu e Centro Sul do Ceará

Notícias Ceará

Polícia Civil do Ceará prende idoso suspeito de fornecer bebida alcoólica e estuprar adolescente

A Polícia Civil representou pela prisão do idoso que foi localizado e capturado, ontem, pela Delegacia de Defesa da Mulher de Quixadá

Polícia Civil do Ceará prende idoso suspeito de fornecer bebida alcoólica e estuprar adolescente
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), por meio da Delegacia de Defesa da Mulher de Quixadá, cumpriu, na tarde dessa segunda-feira (17), um mandado de prisão preventiva em desfavor de um idoso, de 65 anos, suspeito de fornecer bebida alcoólica e estuprar uma adolescente de 14 anos. Os crimes e a prisão aconteceram em Quixadá – Área Integrada de Segurança 20 (AIS 20) do Estado.

Segundo informações policiais, o idoso aproveitou da proximidade para cometer os crimes, já que era vizinho da adolescente e ela frequentava a residência do suspeito, local onde os crimes aconteciam. Ao tomar conhecimento dos fatos, no final de agosto deste ano, policiais civis iniciaram as investigações. Com o avanço das apurações e, após as oitivas, foi constatado que o homem violentava sexualmente a adolescente desde quando ela tinha 13 anos.

A Polícia Civil representou pela prisão do idoso que foi localizado e capturado, ontem, pela Delegacia de Defesa da Mulher de Quixadá. O Inquérito Policial foi concluído e remetido ao Poder Judiciário. Agora, o suspeito permanece à disposição da Justiça.

O que diz a lei:

Art. 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente: Vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar, ainda que gratuitamente, de qualquer forma, a criança ou a adolescente, bebida alcoólica ou, sem justa causa, outros produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica.
Pena – detenção de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa, se o fato não constitui crime mais grave

Art 217- A do Código Penal: Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos. Pena – reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos.

Art. 213 do Código Penal: Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso.
Pena – reclusão, de 6 (seis) a 10 (dez) anos.

§1º – Se da conduta resulta lesão corporal de natureza grave ou se a vítima é menor de 18 (dezoito) ou maior de 14 (catorze) anos. Pena – reclusão, de 8 (oito) a 12 (doze) anos.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o telefone (88) 3412-8082, da Delegacia de Defesa da Mulher de Quixadá.

As informações também podem ser encaminhadas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

*O nome do suspeito não será divulgado para preservar a identidade da vítima

FONTE/CRÉDITOS: sspds
Comentários:

Veja também

Colabore com informações: fotos, vídeos, áudios !