O site oficial de notícias de Iguatu e Centro Sul do Ceará

Notícias Mundo

Saúde do papa Francisco 'melhora progressivamente', diz Vaticano

Religioso segue internado em hospital de Roma, onde deu entrada nessa quarta-feira (29)

Saúde do papa Francisco 'melhora progressivamente', diz Vaticano
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O estado de saúde do papa Francisco "melhora progressivamente" após ele ser internado no hospital Gemelli, em Roma, Itália, anunciou nesta quinta-feira (30) a Secretaria de Imprensa do Vaticano. O pontífice de 86 anos foi hospitalizado no dia anterior e, durante esse período, "leu alguns jornais e voltou ao trabalho". 

Diagnosticado com uma infecção respiratória, o líder da Igreja Católica teve os próximos compromissos cancelados. O Vaticano informou que ele permanecerá hospitalizado por vários dias para receber tratamento. 

Sua Santidade, o papa Francisco, descansou bem durante a noite. O quadro clínico melhora progressivamente, e os tratamentos previstos continuam. Esta manhã, depois do café da manhã, leu alguns jornais e voltou ao trabalho."
MATTEO BRUNI
porta-voz do papa

 

"Antes do almoço, ele foi à capela do apartamento privado (do hospital), onde se recolheu em oração e recebeu a eucaristia", completa o comunicado oficial. 

'INFECÇÃO RESPIRATÓRIA'

O anúncio inesperado da hospitalização provocou diversas perguntas sobre o estado de saúde do argentino. Inicialmente, o representante da instituição disse que a estadia era motivada por "exames programados", mas após algumas horas de silêncio foi divulgado que o pontífice sofria de uma "infecção respiratória". 

Nos últimos dias ele reclamava de dificuldades respiratórias e foi submetido a exames médicos durante o dia", explicou o porta-voz na quarta-feira (29).
 
 

 

Francisco está no 10º andar do hospital — setor totalmente reservado para os papas, batizado de "Vaticano 3" após ter abrigado João Paulo II (1920-2005) em sete ocasiões. Essa não é a primeira vez que o primeiro papa latino-americano se interna na unidade, que goza da confiança dele.

Os exames médicos confirmaram uma "infecção respiratória". O diagnóstico de covid-19 foi descartado, mas o pontífice deve permanecer "vários dias de tratamento médico hospitalar adequado", explicou Bruni.

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA SANTA

Fontes do hospital relataram à AFP que é possível que o religioso comande a missa de 2 de abril do Domingo de Ramos no Vaticano, "salvo imprevistos". A celebração abre a programação da Semana Santa, que tem como ponto máximo o Domingo de Páscoa, que acontece em 7 de abril, considerada a data mais importante do cristianismo.

Fontes religiosas afirmam que o Vaticano está preparando um programa alternativo caso o papa não tenha condições de presidir as cerimônias religiosas.

As cerimônias, no entanto, podem ser longas e cansativas para uma pessoa que passou vários dias internada. Francisco tem ainda uma viagem programada para a Hungria no fim de abril, à cidade de Budapeste, para acompanhar o encerramento de um Encontro Eucarístico Internacional.

FONTE/CRÉDITOS: Diário do Nordeste
Comentários:

Veja também

Colabore com informações: fotos, vídeos, áudios !