Iguatu.net - Portal de Notícias oficial de Iguatu e Centro Sul do Ceará

Notícias Brasil

Governo solicita acesso a código-fonte das urnas ao TSE

O 1º turno das eleições está marcado para 2 de outubro, ou seja, daqui a exatos 2 meses

Governo solicita acesso a código-fonte das urnas ao TSE
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Nesta segunda-feira (1º), o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, enviou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) uma solicitação para ter acesso aos códigos-fontes das urnas eleitorais. Em ofício, classificado como “urgentíssimo”, o general estipula um prazo à corte para o agendamento: 2 a 12 de agosto de 2022.

“Solicito a Vossa Excelência a disponibilização dos códigos-fontes dos sistemas eleitorais, mais especificamente do Sistema de Apuração (SA), do Sistema de Votação (VOTA), do Sistema de Logs de aplicações SA e VOTA e do Sistema de Totalização (SisTot), que serão utilizados no processo eleitoral de 2022 ”, diz o ofício enviado ao ministro Edson Fachin.

De acordo com Nogueira, a necessidade da resposta se deve ao “exíguo tempo disponível até o dia da votação”.

O 1º turno das eleições está marcado para 2 de outubro, ou seja, daqui a exatos 2 meses. O TSE afirma que o acesso aos códigos-fonte do sistema de votação foi aberto em outubro de 2021 e que todos os mecanismos de auditagem ainda estão vigentes.

Além do ofício que trata sobre o código-fonte, o ministro da Defesa enviou um segundo documento a Fachin reiterando pedido de julho de 2022 sobre o envio de outras informações para o grupo técnico das Forças Armadas. Os dados das duas últimas eleições estão nesse rol de solicitações. O general afirma que a falta de resposta pode prejudicar o trabalho da equipe.

“Considerando que a ausência das referidas informações poderá prejudicar o desenvolvimento dos trabalhos da supracitada equipe quanto ao cumprimento das etapas de fiscalização previstas na Resolução do TSE e, também, que há a necessidade de um ponto de contato que facilite as ações de fiscalização, reitero as solicitações”, escreve Nogueira.

FONTE/CRÉDITOS: IG
Comentários:

Veja também

Colabore com informações: fotos, vídeos, áudios !